terça-feira, 14 de maio de 2013

Motor de oito cilindros em linha


Motor Oldsmobile da década de 1940.
Os motores de oito cilindros em linha foram usados no passado por vários fabricantes de automóveis.
O uso desta configuração de motor foi praticamente abandonado devido ao comprimento excessivo. Atualmente prefere-se os V8, por serem mais compactos.
Atualmente são produzídos motores de oito cilindros em linha para navios.
Dentre os automóveis que usaram motores de oito cilindros em linha podemos citar:
  • Mercedes-Benz 300 SLR;
  • Chrysler Airflow;
  • grande parte dos Bugatti, entre eles: Type 41 (Royale), Type 57, Type 101.

O Fim do Omega Suprema

Em 1996 foi decretado o fim da perua Suprema. O Brasil ficou sem um veículo familiar na categoria. Com a chegada do utilitário Blazer, as próprias concessionárias pediram o fim da perua com medo da tão temida “canibalização”, mesmo sendo veículos de categorias distintas.

Em 1997 o volante diminuía de tamanho e a qualidade do acabamento também. A versão mais barata, GLS (a GL não fez sucesso), perdia itens de conforto e conveniência em prol do corte nos custos.

A produção do Chevrolet Omega, marco tecnológico da indústria brasileira, foi encerrada no ano de 1998 no Brasil. Seu sucessor vem da Austrália: trata-se do Holden Comodore, mais caro e que deve ganhar uma nova geração ainda em 2007. Ainda assim, para muitos entusiastas, não houve um substituto a altura para o Omega nacional.



Fonte: Wikipedia
Data: 17/10/2007